PROCESSO SELETIVO: descubra tudo que você precisa saber sobre!

Capturar2

O objetivo de toda organização que é ou deseja ser competitiva no mundo dos negócios é ter sucesso, diferenciais e permanência no mercado. Atualmente, existem diversas inovações e tecnologias comuns em um mesmo nicho mercadológico; porém, existe um fator diferenciador e de difícil imitação em empresas que se destacam: suas pessoas.

A busca pelos melhores talentos para uma organização é realizada através do processo seletivo, uma das mais importantes atividades de uma Gestão de Pessoas estratégica. O RH deve estar sempre atento às rápidas e constantes mudanças na realidade empresarial, que é sempre competitiva e demanda das organizações um alinhamento entre comunicação, posicionamento e estratégias de alcance do perfil ideal de público, não diferindo quando falamos em recrutamento e seleção de pessoas.

Para alcançar um quadro de pessoal que compartilha valores, compra a ideia de uma organização e entende que o seu resultado é o da empresa, é necessário contar com um processo seletivo estratégico, que não será finalizado com a contratação de uma nova pessoa, mas sim com a seleção de um talento que gerará frutos para uma organização com a sua capacidade de inovação, tomada de decisão e trabalho em conjunto, por exemplo.

Recrutamento e seleção são as duas etapas que englobam esse processo. A primeira diz respeito à criação de um perfil com as competências fundamentais para a empresa, alinhadas à vaga referente ao processo, bem como a criação de estratégias e meios para o alcance de candidatos que atendam às delimitações.

Três dicas para realizar bem um recrutamento são:

  • Adequar a linguagem e o canal de anúncio da vaga ao público que deseja alcançar;
    • Para atingir candidatos alinhados a uma vaga de estágio, por exemplo, a comunicação deve ser menos formal e técnica.
  • Ser transparente em relação às atividades do cargo para o qual se está recrutando;
  • Preparar o responsável pelo recrutamento sobre todos os detalhes da vaga;
    • Geralmente os candidatos possuem muitas dúvidas e desejam saber mais sobre a vaga ou a organização; por isso, a pessoa que será o canal entre a empresa e candidato deve estar a par de toda a realidade do processo seletivo, representando bem a marca naquele momento.

Com esses passos, candidatos alinhados ao perfil da vaga chegarão e, após uma triagem de perfis ou currículos, participarão de uma seleção para tornarem-se parte da equipe de uma empresa, iniciando, assim, o segundo e crucial momento do processo seletivo.

Para essa etapa, também existem três passos simples a serem seguidos:

  • Delimitar o melhor meio de avaliar os requisitos para a seleção;
    • Muitas vezes as competências ou características essenciais de cada cargo não conseguem ser avaliados somente em entrevistas tradicionais. Dinâmicas e simulações, por exemplo, são ótimos meios para avaliar candidatos para vagas que englobam atividades mais práticas que teóricas.
  • Em conjunto com a primeira dica, pensar em tudo que pode ser avaliado no processo seletivo e delimitar meios de avaliação que abarquem as principais atividades que o cargo pede;
    • Destrinchar a fase de seleção em etapas pode ajudar a triar candidatos mais preparados para a vaga. Isso pode ser feito através de dinâmicas, provas técnicas e, por fim, entrevistas. Dessa maneira, obtém-se maior embasamento e assertividade para a tomada de decisão da melhor pessoa para a vaga.
  • Estabelecer critérios para todos os processos seletivos da sua organização serem homogêneos;
    • Candidatos que chegam através de indicações, por exemplo, devem passar pelo mesmo processo que outros candidatos. Isso garante que a pessoa realmente possui todas as características e competências essenciais à vaga e previnem resultados ruins no futuro, que poderiam ter sido avaliados na etapa de seleção.

Por fim, com o candidato selecionado, a empresa terá alguém realmente alinhado à sua cultura e com as atividades que serão desempenhadas. Com pessoas preparadas, vem a base para o destaque no mercado e, também, a possibilidade de melhorias internas na organização, como inovação em procedimentos. Para auxiliá-lo em todas essas etapas, nós, da AD&M, possuímos o conhecimento necessário.

Em nossos projetos em Gestão de Pessoas buscamos auxiliar os clientes a compreender melhor a sua realidade organizacional, bem como o que é importante para a sua empresa no momento, para que seja possível oferecermos a melhor solução de acordo com cada contexto, visando mais e melhores resultados para o seu negócio.

Compreendemos a particularidade de cada organização e a dificuldade em delimitar o em que é melhor investir no momento. Por isso, estamos sempre buscando o aperfeiçoamento para garantir os melhores conhecimentos, visando gerar valor e aumentar a qualidade do negócio de um cliente, incluindo a realização de projetos tão estratégicos como um Processo Seletivo.

Então, se você entende a importância e gostaria de direcionamentos para um bom Processo Seletivo, é só clicar aqui:

Capturar3

Criadora: Gabriela Villar
Atualizado por: Ana Monclair

Conheça o trabalho da Gabriela clicando aqui:

Deixe uma resposta