Brasil X Suiça: 4 Indicadores chave de desempenho que ajudam a seleção e a sua empresa

A estréia do Brasil na Copa do Mundo foi bem diferente do esperado por muitos. Isso pode acontecer em diversas empresas: esperamos um faturamento maior e, mesmo com grande esforço e superioridade em relação à concorrência, e não conseguimos. Claro que alguns fatores externos – como o caso do árbitro do último jogo – podem influenciar negativamente as organizações, mas será que não devemos avaliar mais a fundo o nosso desempenho?

Para isso vamos observar alguns dados da partida, evidenciar os KPIs que são utilizados para analisar o desempenho dos times e por último entender de que forma podemos aproveitar esses indicadores para um gerenciamento de performance de empresas.

Resultado x Performance

Antes disso é importante entender o que é um KPI, ou seja, um indicador de desempenho de processos. Indicadores são utilizados para mensurar o desempenho ou o resultado de uma empresa, por exemplo um indicador de resultado seria a quantidades de gols da partida feita por cada time, dessa forma o 1×1 é um indicador de resultado da partida. Porém esse não é o objetivo desse tipo de indicador: eles têm o objetivo de analisar a performance. Para isso existem dois tipos de indicadores: os estratégicos e os de processos.

  • Estratégicos: Têm o objetivo de indicar um comparativo de como está o cenário atual e como deveria estar;
  • Processos: Têm como objetivo demonstrar se o modo como o processo está sendo realizado é o mais adequado, a fim de melhorar os resultados ao longo do tempo.

Analisando alguns dados, o Brasil teve 6 finalizações corretas, enquanto a Suíça teve apenas 2; o Brasil acertou 6 cruzamentos e a suíça 3; o Brasil acertou 486 passes e a suíça 357, além disso a Suíça errou 11 lançamentos e o Brasil 5. A partir da observação dos dados o Brasil aparenta ter tido uma superioridade em relação a suíça. Utilizando alguns KPIs para observar  o desempenho dos processos do Brasil e da Suíça:

  • Processo de Finalização = Quantidade de finalizações corretas/ total de finalizações
  • Processo de Cruzamento = Quantidade de cruzamentos certos/ Total de cruzamentos
  • Passes = Quantidade de passes certos/ Total de passes
  • Lançamentos =  Quantidade de lançamentos certos/ total de lançamentos

Esses KPIs foram construídos para analisar pontos específicos da performance dos times e está ligado aos acertos dos times, pois é o objetivo dessa análise. Porém é importante ressaltar que KPIs são altamente personalizáveis, poderíamos ter analisado a partir da perspectiva dos erros, ou relacionando a diferença de uma equipe com a outra.

Brasil Suíça
Índice de finalização 46% 50%
Índice de Cruzamento 23% 23%
Índice de Passes 94% 87%
Índice de Lançamentos 25% 32%

Média dos processos analisados Brasil = 47%

Média dos processos analisados Suíça = 48%

Assim como o desempenho do Brasil, nas empresas muitas coisas que aparentam ter um bom resultado podem não estar alcançando o desempenho necessário. No caso das empresas, o impacto negativo dos fatores externos – como o erro da arbirtragem – podem influenciar muito nos resultados e, além disso, a concorrência pode jogar assim como a Suíça que teve uma grande quantidade de faltas.

As empresas podem se beneficiar do gerenciamento com KPIs para encontrar possíveis falhas e impulsionar a performance da organização. Existem vários benefícios da utilização de indicadores de desempenho de processos para o gerenciamento  do negócio, como por exemplo:

  • Monitoramento da consistência na qual a empresa tem atingindo seus objetivos, por seu caráter de medição frequente como no caso da partido foi medido durante toda a partida;
  • Análise mais precisa da performance da organização, o que pode ser chave para tomada de decisão
  • Base para criação de dashboards que são resumos executivos que possibilitam uma visão geral do desempenhos dos processos da empresa, aumentando o nível de conhecimento sobre a organização como um todo e aumentando a velocidade da tomada de decisão.

Para a aplicação do gerenciamento com KPIs é importante seguir algumas etapas sendo elas: coleta de dados, mensuração, análise e tomada de decisão. Antes de iniciar um gerenciamento através de indicadores chave de desempenho é importante planejar quais processos serão analisados e quais serão os KPIs, a partir daí indica-se que se inicie a coleta de dados que deve ser feita periodicamente. é importante definir marcos de mensuração dos KPIs já que a coleta deve ser constante. Após isso é importante analisar os resultados dos indicadores, pois assim como no exemplo visto do jogo do Brasil, muitas coisas além do desempenho dos processos influenciam no resultado. Por último, tomar decisões. A parte mais importante do gerenciamento com indicadores chave de desempenho são as iniciativas realizadas a partir dos seus resultados.

O mapeamento efetivo dos processos de sua empresa, que pode ser realizado pela AD&M,  permite a melhoria contínua do que é feito o seu dia a dia, principalmente por construir a base necessária para análise de seu desempenho, identificando com clareza e embasamento pontos de melhoria e falhas processuais. Informação é essencial para tomar as decisões corretas que ajudarão a sua empresa a não “ficar no empate” com suas concorrentes!

 

imagem blog 22-11

Texto criado por

Lara Liz

Líder e Projetos da AD&M

Deixe uma resposta